Ezequiel Lavezzi – Reprodução/Instagram
PUBLICIDADE

O ex-jogador Ezequiel “Pocho” Lavezzi teria sido esfaqueado após se envolver em uma discussão familiar por causa de dinheiro na madrugada desta quarta-feira (20). O atacante estaria internado em um hospital em Punta del Este, no Uruguai.

– Continua após o anúncio –

PUBLICIDADE

+ Arrascaeta, jogador do Flamengo, se casa com Camila Bastiani, confira fotos

A informação foi divulgada pelo jornal El Observador e revela que Ezequiel estaria em uma festa quando o serviço de emergência foi solicitado por volta das 5h da manhã. Ainda segundo a fonte, o ex-jogador teria se envolvido em uma discussão familiar por causa de dinheiro, cuja causa não foi divulgada.

Após o ocorrido, Lavezzi foi submetido a exames devido a uma lesão no abdômen e uma fratura na omoplata. O jornal argentino TyC Sports ainda revelou que o ele teria caído de uma escada ao trocar as lâmpadas de sua residência.

– Continua após o anúncio –

Uma carreira de destaque no futebol

Lavezzi sempre quis se tornar jogador desde a infância. Desde cedo, seu talento para o esporte o destacou, permitindo que jogasse nos times do Boca Juniors dos dez aos dezoito anos. Em 2003, ele se transferiu para o Estudiantes (BA) da 1ª B Metropolitana Argentina, jogando 39 partidas, das quais marcou 17 gols.

+ Ex-jogador Marcelinho Carioca teria sido sequestrado e estaria em cárcere privado, diz colunista

– Continua após o anúncio –

Fez uma breve passagem pelo Genoa, da Itália, e foi emprestado ao San Lorenzo. Após isso, muitos times começaram a demonstrar interesse pelo jogador. O time onde Diego Maradona atuou em 1980, Napoli, dispôs-se a desembolsar cerca de seis milhões de euros para contratá-lo.

Após assinar um contrato de cinco anos, Lavezzi conseguiu se destacar. Em 2014, ele disputou a Copa do Mundo com a seleção argentina após ter passado por diversos outros clubes, como Estudiantes e San Lorenzo, Napoli, na Itália, Paris Saint-Germain, na França, e no Hebei Fortune, da China, onde fez carreira.

Share.