Kayky Brito
Kayky Brito – Foto: Instagram
PUBLICIDADE

O ator Kayky Brito voltou a surpreender seus milhares de fãs e seguidores ao celebrar mais uma conquista durante a intensa fase de recuperação desde que sofreu um grave atropelamento na Barra da Tijuca, na zona oeste do Rio de Janeiro, em setembro de 2023.

– Continua após o anúncio –

PUBLICIDADE

Por meio de uma publicação nos stories do Instagram, Kayky Brito, de 35 anos de idade, compartilhou um registro enquanto aproveitava a manhã de sol, na orla da praia, para voltar a andar de bicicleta. Ainda na legenda da postagem, o irmão de Sthefany Brito, afirmou que estava voltando do zero a normalidade.

+ Tamara Dalcanale reflete sobre recomeços em meio a rumores do fim de casamento com Kayky Brito

Voltando aos poucos. Cotovelo, as mãos e o quadril estão começando do zero. Na minha memória, o movimento é como antes. Mas o corpo falta obedecer a memória. O jeito é vencer a mente. Amo muito ver o movimento das coisas”, explicou ele.

– Continua após o anúncio –

Confira a publicação:

Post de Kayky – Instagram Stories

Mais sobre Kayky Brito

É válido lembrar que, desde quando deixou a UTI e unidade médica em que estava internado no Rio, Kayky passou e, ainda, passa por uma série de bateria de exames e fisioterapia para se recuperar 100% do grave acidente do qual foi vítima em 2023. Pelas redes sociais, ele vem compartilhando cada conquista: “Quero dividir com vocês o que eu tenho feito nesse momento: a fisioterapia todo dia, fono algumas vezes na semana. Então, acompanhem só”, contou ele em outubro, por meio de um vídeo.

– Continua após o anúncio –

+ Kayky Brito exibe rotina de fisioterapia após atropelamento e dispara: ‘Focado’

À época do acidente, no qual ele foi atropelado, Diones da Silva, motorista na ocasião, lhe prestou socorro e o delegado do caso explicou: “Assim sendo, pelo apurado, não se pode imputar qualquer fato criminoso ao condutor do veículo, Diones Coelho da Silva, uma vez que dirigia em velocidade abaixo do limite da via, sem apresentar alteração na capacidade psicomotora pelo consumo de álcool (embriaguez) ou qualquer substância de efeito análogo e com a atenção devida na direção de veículo automotor, uma vez que ainda realizou ações para evitar a colisão, apesar da escassez temporal para reação e frenagem”, concluiu ele, no período do ocorrido.

Share.