PUBLICIDADE

O Bolsa Família, programa de transferência de renda do Governo Federal, acaba de trazer uma excelente notícia para os beneficiários. Nesta terça-feira (31), foi confirmado um valor maior e um novo pagamento, surpreendendo a todos.

PUBLICIDADE

Com as mudanças recentes promovidas pelo governo, o Bolsa Família vem ganhando destaque e se tornando o assunto do momento. Agora, os beneficiários poderão contar com um valor mais alto e um novo pagamento, proporcionando ainda mais apoio às famílias em situação de vulnerabilidade.

O programa atende famílias inscritas no Cadastro Único que vivem em condição de pobreza, com renda per capita mensal inferior a R$ 218,00. Além disso, há condicionalidades relacionadas à saúde e à educação.

Ao longo deste ano, o Governo Federal implementou diversas mudanças no Bolsa Família. O valor base foi aumentado para R$ 600,00 e foram disponibilizados valores extras de auxílio para quem possui filhos e gestantes. Também foi introduzido o Auxílio-gás como parte das medidas de apoio às famílias.

A boa notícia é que o Benefício Variável Nutriz será mantido nas próximas rodadas de repasses do programa social. Esse benefício consiste no repasse adicional de R$ 50 para cada mãe de bebê com menos de sete meses de vida.

Além disso, o Bolsa Família continuará pagando o Benefício Primeira Infância, que destina R$ 150 a mais para cada criança da família com menos de seis anos de idade.

Juntamente com esses extras, os beneficiários ainda têm direito às cestas básicas, que continuam sendo repassadas. No entanto, vale ressaltar que a entrega das cestas é de responsabilidade dos municípios e não do programa social.

Com todas essas atualizações, os beneficiários poderão desfrutar de um pagamento mínimo de R$ 600 do Bolsa Família em 2023. Além disso, haverá um adicional de R$ 150 por criança de até sete anos e um adicional de R$ 50 por pessoa entre 7 e 18 anos, gestante ou membro da família com até sete meses incompletos.

É importante destacar que o Programa Bolsa Família é considerado o maior programa de transferência condicionada de renda do mundo, em número absoluto de pessoas assistidas, segundo o portal repositorio.ipea.

Share.