PUBLICIDADE

Celine Dion anunciou que lançará um documentário. A cantora, que está afastada da vida pública devido aos seus problemas de saúde, usou suas redes sociais para falar da próxima estreia de “I Am: Celine Dion” [Eu Sou: Celine Dion], série documental, onde abordará sua batalha contínua contra a síndrome da pessoa rígida.

Celine compartilhou no Instagram: “Estes últimos anos foram um grande desafio para mim sobre a jornada de descobrir minha condição até aprender como conviver e administrá-la, mas não deixar que isso me defina”, escreveu a cantora de 55 anos, que foi diagnosticada em dezembro de 2022.

PUBLICIDADE

“À medida que o caminho para retomar minha carreira artística continua, percebi o quanto senti falta de poder ver meus fãs”, admite

“Durante essa ausência, decidi que queria documentar essa parte da minha vida para tentar aumentar a conscientização sobre esta condição pouco conhecida, para ajudar outras pessoas que compartilham este diagnóstico.”

O próximo documentário, dirigido pela diretora indicada ao Oscar Irene Taylor, acompanhará Celine enquanto ela luta contra uma doença incurável, que faz com que o corpo ataque suas próprias células nervosas.

“I Am: Celine Dion” foi adquirida pela Amazon Prime, mas ainda não tem data de lançamento.

Doença Pouco Conhecida

A notícia do documentário surge em meio ao deterioro da saúde da artista. Recentemente sua irmã reconheceu que nenhum remédio está funcionando.

Claudette Dion, de 75 anos, deu uma triste atualização sobre a saúde da cantora no final do ano passado, sobre sua luta contra a síndrome da pessoa rígida, um distúrbio neurológico, afirmando que ela não tem mais “controle sobre seus músculos”.

Claudette acrescentou: “As cordas vocais são músculos e o coração também é um músculo… Como é um caso em um milhão, os cientistas não fizeram muita pesquisa porque não afetou tantas pessoas”, lamenta.

Aparentemente sua saúde se deteriorou ainda mais desde que ela foi vista no show de Katy Perry, no começo de novembro, ao lado do Príncipe Harry e a duquesa Meghan.

Dion, de 55 anos, foi forçada a cancelar sua turnê mundial em dezembro do ano passado, enquanto lutava contra a doença.

Vinda de uma família enorme de 13 irmãos, Celina admitiu em uma antiga entrevista que trabalhava duro depois de ver os ‘sonhos não realizados’ de seus irmãos mais velhos: “Se eu tiver sucesso, faço isso por eles e por mim”, disse certa vez à revista “People”.



Fonte: O Fuxico

Share.