PUBLICIDADE

O Grammy 2024 se aproxima e com ele, a expectativa sobre quem levará para casa o cobiçado troféu de Artista Revelação. Este ano, a diversidade de gêneros e histórias promete uma competição acirrada, destacando-se não apenas pelo talento, mas pelas jornadas únicas de cada indicado.

Gracie Abrams

A norte-americana começou a arrasar na música em 2020 com o álbum “Minor”, e desde então, vieram outros dois álbuns pra galera. O último, Good Riddance, lançado em 2023, entrou na lista da Billboard 200.  Mas não é só isso, não! Ela já teve a chance de abrir os shows de Olivia Rodrigo e Taylor Swift na turnê The Eras.

Grammy 2024: a lista dos indicados a Artista Revelação

Fred again..

Do Reino Unido aos palcos globais, Fred again.., ou Frederick John Philip Gibson para os mais formais, é o DJ Britânico de 30 anos que tá fazendo barulho (literalmente) no mundo da música desde os seus 16 anos. O cara já botou a mão na massa como compositor e produtor pra uma galera de peso, tipo Rita Ora, Ed Sheeran e Demi Lovato, e até levou pra casa o prêmio de Produtor do Ano no Brit Awards 2020. Nada mal, né?

Mas o Fred não para por aí. Como artista solo, ele já lançou três álbuns cheios de originalidade. O primeiro, Actual Life (April 14 – December 17 2020), saiu em abril de 2021; seguido pelo Actual Life 2 (February 2 – October 15 2021), que veio ao mundo em novembro de 2021; e por último, mas não menos importante, Actual Life 3 (January 1 – September 9 2022), que chegou em outubro de 2022. Nesses trabalhos, ele faz uma mistura louca de sons que vai desde barulho de transporte público e ruídos de redes sociais até trechos de chamadas de Facetime, tudo isso junto com ritmos eletrônicos super originais.

PUBLICIDADE

Fred também deu as caras aqui no Brasil, marcando presença no line-up do Lollapalooza em São Paulo, no ano passado.

Ah, e tem mais: ele concorre nas categorias de melhor gravação de dance e eletrônico com as faixas Rumble e Strong, além de estar na disputa pelo melhor álbum de dance e eletrônico com o “Actual Life 3 January 1 – September 9 2022”.

Oscar 2024: Margot Robbie e Greta Gerwig esnobadas, veja a lista completa!

Ice Spice

Conheça Ice Spice, a Nova Rainha do Rap Direto de Nova York!

Ice Spice, ou Isis Naija Gaston para os mais formais, com apenas 24 anos, já é um furacão no mundo do rap em 2023. Essa nova-iorquina do Bronx virou sensação da noite pro dia, conquistando o título de “princesa nova-iorquina do rap” e não é pra menos. Ela coleciona hits que bombaram no TikTok e ainda marcou presença na trilha sonora do filme da Barbie, dividindo os vocais com ninguém menos que Nicki Minaj e Aqua na track Barbie Girl.

E as novidades não param por aí: Ice Spice está concorrendo a vários Grammys. Ela foi indicada para melhor música de rap com Barbie world, melhor performance pop em duo ou grupo com Karma e ainda tem uma indicação para melhor música para mídia visual com Barbie world, pela trilha do filme Barbie.

Fiquem de olho nessa estrela, porque Ice Spice está só começando e promete muitas novidades que vão agitar ainda mais o cenário musical!

Elton John alcança status histórico de EGOT. Saiba o que é!

Jelly Roll

De Rap a Country, Jelly Roll é uma viagem musical incrível. O norte-americana de 39 anos, realmente mostra que na música, as fronteiras são feitas para serem cruzadas. Começando sua jornada no hip hop, ele surpreendeu a todos ao mergulhar no mundo da música country, e não é que deu certo? Sua performance estelar no CMT Music Awards de 2023, um evento todo dedicado ao country, não deixou dúvidas: com a música Son of a Sinner, ele levou para casa prêmios de vídeo masculino do ano, música de estreia e performance digital.

A faixa é destaque no álbum Ballad of the Broken, lançado em 2021, que, apesar de flertar mais com o rock em outras músicas, foi Son of a Sinner que realmente capturou os corações dos fãs. Inspirado por esse sucesso, Jelly Roll lançou Whitsitt Chapel em 2023, um álbum que abraça de vez o country, provando seu talento e versatilidade.

E não para por aí: no Grammy 2024, ele concorre ao lado de Lainey Wilson na categoria de melhor performance em dueto country com a faixa Save Me. Esse cara é a prova de que, na música, nunca é tarde para explorar novos horizontes e brilhar.

Fiquem de olho em Jelly Roll, porque ele está redefinindo gêneros e conquistando palcos e corações por onde passa!

Receba as notícias de OFuxico no seu celular!

Coco Jones

Coco Jones não é só mais uma estrela da Disney que cresceu. Filha do lendário jogador de futebol americano Mike Jones, essa cantora e atriz de 26 anos está rapidamente fazendo seu próprio nome brilhar no mundo da música e da atuação. Coco começou sua carreira no showbiz com um pé nas produções do Disney Channel, mostrando desde cedo que tinha muito a oferecer.

Em março de 2022, ela deu um grande passo na música ao lançar seu primeiro EP para o público adulto, What I Didn’t Tell You. E não demorou muito para que Coco Jones marcasse sua presença nos charts da Billboard, com o single ICU alcançando a impressionante 21ª posição entre os hits mais ouvidos de hip hop e R&B.

Mas Coco não parou por aí. Ela está concorrendo em várias categorias de peso no mundo da música R&B, incluindo Melhor Música R&B do Ano com ICU, Melhor Álbum R&B com What I Didn’t Tell You Deluxe, Melhor Performance de R&B também com ICU e Melhor Performance Tradicional de R&B com Simple.

Além de arrasar nas paradas de sucesso, Coco continua a brilhar na tela, mantendo sua carreira de atriz viva e a todo vapor. Ela recentemente fez parte do elenco de Bel-Air, a série que reimagina o clássico Um Maluco no Pedaço, estrelado por Will Smith nos anos 90. Coco Jones está provando ser uma força a ser reconhecida tanto na música quanto na atuação.

Então, se você ainda não conhece o trabalho dela, está mais do que na hora de conferir. Coco Jones está apenas começando, e pelo visto, tem muito mais pela frente!

Noah Kahan

Noah Kahan, com seus 27 anos, está balançando as estruturas do folk-pop com hits que tocam a alma, especialmente com seu sucesso estrondoso Stick Season. Essa faixa, parte do seu terceiro álbum que leva o mesmo nome e lançado em 2022, bombou nas redes sociais antes mesmo de sair oficialmente. O resultado? O álbum estreou em 14º lugar na Billboard 200, um feito e tanto!

E Noah não parou por aí. Ele tem se juntado em parcerias de cair o queixo com nomes como Post Malone, Kacey Musgraves e Gracie Abrams, que também está na corrida pelo Grammy. É um verdadeiro encontro de estrelas.

Além de arrasar nas paradas de sucesso, Noah também chamou a atenção da revista Time, que o incluiu na lista de 2023 de cem pessoas para ficar de olho. E eles não estão errados! Desde que estourou com Hurt Somebody em 2019, atingindo o número 24 na parada Hot Rock da Billboard, Noah tem mostrado que seu talento é imenso e sua carreira só tende a subir.

Se você ainda não entrou no trem Noah Kahan, melhor correr. Com sua voz única e letras que falam direto ao coração, ele é o tipo de artista que não aparece todo dia e está construindo um legado musical que vai marcar época.

Victoria Monét

Ela é uma força a ser reconhecida na música americana, só lançou seu álbum de estreia, Jaguar II, ano passado, mas já é veterana quando o assunto é criar hits. Afinal, estamos falando da talentosa compositora por trás de sucessos de Ariana Grande, Chloe x Halle, e Selena Gomez. Sim, ela tem o toque de Midas para a música!

E não é só nos EUA que Victoria brilha. No ano passado, ela levou seu talento para Salvador, no festival Afropunk, onde apresentou On My Mama. A faixa não só arrasou ao vivo mas também entrou para a lista de melhores músicas de 2023, escolhida por ninguém menos que Jay-Z e Barack Obama. Fala sério, tem como ser mais top?

Agora, no Grammy deste ano, Victoria está com tudo e mais um pouco, concorrendo em várias categorias importantes. Jaguar II está na disputa por melhor álbum de R&B, enquanto On My Mama concorre a melhor música de R&B e gravação do ano. E tem mais: How Does It Make You Feel está indicada para melhor performance de R&B, Hollywood para melhor performance de R&B tradicional, e o álbum Jaguar II também recebeu acenos para melhor engenharia de som, não-clássico.

Victoria Monét está provando que seu lugar é bem na frente do palco, com os holofotes voltados para seu talento incrível. Se você ainda não conhece o trabalho dela, está mais do que na hora.

The War and Treaty

The War and Treaty, o duo que é puro coração e alma! Tanya e Michael Trotter Jr transformaram seu encontro num festival em Maryland, lá em 2010, não só no início de uma vida a dois, mas também numa parceria musical de tirar o fôlego. Primeiro como Trotter & Blount em 2014, eles evoluíram para se tornarem The War and Treaty em 2017, marcando definitivamente seu espaço no mundo da música.

Com um som que é uma deliciosa mistura de gospel, soul e country, The War and Treaty provam que a música boa não conhece fronteiras. E 2023 foi um ano e tanto para eles, com o lançamento de Lover’s Game por uma grande gravadora, um álbum que só vem a confirmar o talento incrível da dupla.

E pra deixar tudo ainda mais especial, eles concorrem ao Grammy na categoria de melhor canção raiz americana com a faixa Blank Page. É a combinação perfeita de talento, paixão e história de amor que transborda para a música, mostrando que, sim, é possível misturar trabalho e prazer e ainda sair vitorioso.

Não perca a chance de mergulhar no universo musical de The War and Treaty. Eles são a prova viva de que a música, assim como o amor, só fica melhor quando compartilhada.

A entrega do Grammy acontece neste domingo, 4 de janeiro, em Los Angeles. A TNT vai transmitir toda a cerimônia ao vivo na TV, enquanto a HBO Max leva o evento para o streaming, ambos a partir das 21h30.

E para quem adora acompanhar todos os detalhes do glamour, o canal E! Entertainment trará a cobertura do tapete vermelho, começando às 20h.



Fonte: O Fuxico

Share.