Lucas Pinho, ex-diretor artístico de Luísa Sonza, usou suas redes sociais para esclarecer os rumores que circularam recentemente sobre sua saída da equipe da cantora. Diversos tabloides brasileiros noticiaram um suposto ataque de estrelismo por parte de Sonza, o que teria motivado a saída de Pinho.

No entanto, por meio de uma série de stories no Instagram, Lucas negou categoricamente essas especulações. Ele deixou claro que sua decisão de se desligar da equipe não teve relação alguma com qualquer comportamento negativo por parte da artista.

“Quando eu saí da equipe da Luísa Sonza, quando eu me desliguei desse trabalho, surgiram várias reportagens falando que a gente brigou no The Town, que eu tive um pico de estresse”, afirmou Pinho. “E agora estão saindo novamente reportagens falando do comportamento dela com a equipe, de como ela é com a equipe, de ataques de estrelismo. Vim aqui para dizer que não tem nada disso. Isso é uma mentira.”

O diretor ressaltou que sua decisão de deixar a equipe foi motivada pelo desejo de retornar ao Rio de Janeiro e estar mais próximo de sua família e amigos. Ele também enfatizou sua gratidão a Luísa Sonza e afirmou que buscou uma renovação em sua carreira no mercado do Rio de Janeiro, conforme sua intenção.

“Eu busquei e desejei uma renovação no mercado de trabalho, procurando oportunidades no Rio de Janeiro, conforme minha intenção, e as encontrei”, disse Lucas. “Não houve abandono de trabalho, eu não briguei com ela no The Town, eu não saí porque a gente teve uma briga, não.”

Continua após a publicidade..

Com esse esclarecimento, Lucas Pinho busca colocar um ponto final nos boatos que surgiram sobre sua saída da equipe de Luísa Sonza. Ele reitera que seu desligamento foi uma escolha pessoal e deseja sucesso para a artista em sua carreira.

Share.