PUBLICIDADE

O cantor Thiago Servo está em busca de indenização após ter desembolsado mais de R$ 1 milhão em pensão para uma filha que, posteriormente, descobriu-se não ser sua. O vencedor do programa A Grande Conquista, da Record, alega ter sofrido danos morais e materiais devido ao tempo que acreditou ser pai da criança. O advogado Otávio Gomes Figueiró prometeu lutar pelos direitos de seu cliente.

PUBLICIDADE

Continua após a publicidade..

Por meio dos Stories do Instagram, o defensor do cantor explicou que está buscando justiça para Thiago Servo e entrou com uma ação para que a situação seja analisada pelas autoridades competentes.

“Recebi muitas perguntas sobre a ação indenizatória que Thiago Servo está movendo contra a mãe da filha que não é dele. Foram sete anos de luta, batalhas judiciais, uma após a outra”, declarou Gomes Figueiró.

“Hoje, estamos entrando com uma ação indenizatória para restituir tudo o que foi retirado de Thiago. Não apenas o valor pago em pensão, mas também o dano moral e material. Durante sete anos, Thiago viveu sob mandados de prisão consecutivos, sem poder trabalhar ou fazer shows. A Justiça pode demorar, mas não falha, e nós vamos lutar pelos direitos de Thiago”, completou o advogado.

Problemas judiciais recorrentes

Essa não é a primeira vez que Thiago Servo enfrenta problemas judiciais e precisa da assistência de seus advogados. Após vencer o programa A Grande Conquista, a Justiça determinou a penhora de R$ 1 milhão, valor conquistado pelo cantor no reality show da Record, para quitar uma dívida antiga relacionada à compra de um carro e uma aeronave. Thiago prometeu recorrer da decisão.

Em documento obtido pelo Notícias da TV, o juiz David de Oliveira Gomes Filho, da 2ª Vara de Execução de Título Extrajudicial, Embargos e Demais Incidentes da Comarca de Campo Grande (MS), determinou que a emissora de Edir Macedo faça o depósito do dinheiro diretamente na conta do Tribunal de Justiça.

“O executado já foi citado e não pagou a dívida. Deixou transcorrer o prazo dos embargos em branco. Assim, é cabível a penhora de bens e não mais o arresto. Por esses motivos, determino a penhora do prêmio que será concedido ao executado pela TV Record”, afirmou o magistrado.

Em uma entrevista com Lucas Selfie, em agosto, o músico assegurou que seus advogados estavam cuidando de toda a situação. “Está tudo sob controle em relação ao prêmio, meus advogados estão resolvendo. Será mais uma vitória que terei na Justiça. Deus não concede um prêmio para retirá-lo depois”, declarou Thiago Servo no programa Selfie Service, no YouTube.

“Quando estava confinado, senti que iria ganhar A Grande Conquista. Tenho certeza de que, em dois anos, você me encontrará e verá a notícia de que já acumulei R$ 50 milhões com minha música. Quero ser um exemplo para que as pessoas possam acreditar mais”, concluiu o cantor.

Share.